Início > Exercícios > Lendo
A transferência da Corte para o Brasil. O Brasil torna-se a sede da monarquia.

1. (ENEM 2014)A transferência da corte trouxe para a América portuguesa a família real e o governo da Metrópole. Trouxe também, e sobretudo, boa parte do aparato administrativo português. Personalidades diversas e funcionários régios continuaram embarcando para o Brasil atrás da corte, dos seus empregos e dos seus parentes após o ano de 1808:

Novais, F. A; LENCASTRO,L.F.(org.) História da vida privada no Brasil. São Paulo: Cia. das Letras, 1997.

Os fatos apresentados se relacionam ao processo de independência da América portuguesa por terem:

A) Incentivado o clamor popular por liberdade.

B) Enfraquecido o pacto de dominação metropolitana.

C) Motivado as revoltas escravas contra a elite colonial.

D) Obtido apoio do grupo constitucionalista português.

E) Provocado os movimentos separatistas das províncias.

Ver resposta
Resposta: Resposta B. As medidas tomadas pelo regente dom João VI encaminharam o Brasil no sentido da libertação em relação à Coroa. A mais significativa foi a decretação da Abertura dos Portos às Nações Amigas, que, na prática, colocou fim ao pacto colonial ao permitir o comércio do Brasil com outros países, rompendo o exclusivismo metropolitano. A partir daí, a elite econômica brasileira percebeu que a independência poderia ampliar ainda mais seus lucros.

 

3. (UNIFESP) Em 1808, a família real portuguesa se transferiu para o Brasil. Esta transferência está ligada à:

A) tentativa portuguesa de impedir o avanço inglês na América.

B) disputa entre Inglaterra e França pela hegemonia europeia.

C) perda, por Portugal, de suas colônias na costa da África.

D) descoberta recente de ouro na região das Minas Gerais.

E) intenção portuguesa de proclamar a independência do Brasil.

4. (UEM-PR) No início do século XIX, em razão das guerras napoleônicas, a Corte Portuguesa transfere-se para o Rio de Janeiro. A colônia portuguesa na América torna-se a sede da Corte. A esse respeito, estão corretas as afirmações a seguir, À EXCEÇÃO DE:

A) Ao chegar ao Rio de Janeiro, o rei de Portugal realiza uma série de reformas administrativas e culturais para adaptar a cidade às necessidades da vida cortesã.

B) Nesse período, o Brasil recebe uma grande influência da cultura europeia, sobretudo após a chegada da missão artística francesa.

C) Nesse período, Jean-Baptiste Debret documentou, em seus desenhos e aquarelas, dentre outros temas, cenas da sociedade do Rio de Janeiro, os usos e costumes dos habitantes da colônia.

D) Na arquitetura, a missão artística francesa desenvolveu o estilo neoclássico, abandonando os princípios barrocos.

E) Com o final do período joanino e o retorno da missão artística francesa à Europa, cessou, no Brasil, a influência cultural francesa e se iniciou o movimento modernista brasileiro.

5. (UFG-GO) A transferência da corte para o Brasil trouxe como consequência imediata:

A) o fim do Bloqueio Continental.

B) a abertura dos portos.

C) a introdução da cultura algodoeira no Maranhão.

D) uma forte influência francesa no plano econômico.

E) a melhoria nas técnicas da produção de açúcar.

6. (UF-SC) Dos acontecimentos abaixo relacionados, apenas um NÃO se deu durante a permanência da Corte Portuguesa no Brasil:

A) o Dia do Fico.

B) a intervenção portuguesa na Banda Oriental do Uruguai com a consequente anexação da mesma ao Brasil.

C) elevação do Brasil a Reino Unido a Portugal e Algarves.

D) vinda ao Brasil da Missão Cultural Francesa.

E) a extinção do monopólio comercial.

7.(PUC-MG) A política expansionista de Napoleão na Península Ibérica provocou:

A) a decretação do Bloqueio Continental.

B) a formação do império colonial inglês.

C) a transferência da Corte Portuguesa para o Brasil.

D) o desenvolvimento industrial nas colônias.

E) o fortalecimento do poder espanhol.

8. (UFPR) Em 1806, o imperador Napoleão Bonaparte decretou o chamado Bloqueio Continental. Explique as motivações desse ato e indique suas repercussões.

Tancredo Professor . 2019
Anuncie neste site
Twitter