Início > Exercícios > Lendo
Economia e sociedade colonial.

1.A exploração do Pau-Brasil se fazia pelo sistema de escambo. Em que consistia o sistema de escambo?

Ver resposta
Resposta: Ler matéria do caderno. Ler texto: Brasil colônia. Nas entranhas do país. Ler texto: Economia e sociedade colonial.

 

2.A denominação de “Costa do Pau-Brasil”, dada ao trecho do litoral brasileiro compreendido entre Cabo de São Roque e Cabo Frio, demonstra a importância que a exploração dessa madeira tintorial desempenhou durante o chamado Período Pré-colonizador. Qual a importância da exploração do Pau-Brasil?

Ver resposta
Resposta: Ler matéria do caderno. Ler texto: Brasil colônia. Nas entranhas do país. Ler texto: Economia e sociedade colonial.

 

3.Na época de transição feudalismo/capitalismo, o capitalismo mercantil vinculava-se a uma nova estrutura de Estado, ora beneficiado pelas práticas mercantilistas, ora pela montagem do antigo sistema colonial. Quais as características do Pacto Colonial?

Ver resposta
Resposta: Ler matéria do caderno. Ler texto: Brasil colônia. Nas entranhas do país. Ler texto: Economia e sociedade colonial.

 

4.”...apesar de hereditárias, as Capitanias não eram propriedades privadas dos donatários, já que a legítima propriedade das terras era atributo do Estado...”   Quais eram os direitos e deveres dos donatários?

Ver resposta
Resposta: Ler matéria do caderno. Ler texto: Brasil colônia. Nas entranhas do país. Ler texto: Economia e sociedade colonial.

 

5.A implantação do sistema de Governo-Geral, em 1548, não representou a extinção do anterior modelo administrativo descentralizado das Donatárias. Por que ocorreu a implantação do Governo-Geral?

Ver resposta
Resposta: Ler matéria do caderno. Ler texto: Brasil colônia. Nas entranhas do país. Ler texto: Economia e sociedade colonial.

 

6.A produção de açúcar no Brasil foi o centro da economia colonial durante dois séculos. Era feita em grandes propriedades monocultoras, com mão de obra escrava e a produção era totalmente voltada para o mercado externo.
O texto acima apresenta as características da produção açucareira no Brasil. Explique porque a produção açucareira no Brasil teve estas características.

Ver resposta
Resposta: Ler matéria do caderno. Ler texto: Brasil colônia. Nas entranhas do país. Ler texto: Economia e sociedade colonial.

 

7.Antonil, na obra “Cultura e Opulência no Brasil”, de 1711, afirmava:
“Os escravos são as mãos e os pés do senhor do engenho”. Qual era o papel dos escravos no Brasil colônia?

Ver resposta
Resposta: Ler matéria do caderno. Ler texto: Brasil colônia. Nas entranhas do país. Ler texto: Economia e sociedade colonial.

 

8.O texto abaixo refere-se à atividade pecuarista no Brasil Colônia:
“O gado podia penetrar o sertão. Não tinha o problema seríssimo do transporte, porque transportava-se a si mesmo. A mão de obra exigida era pouca. Sem a complexidade da agricultura, principalmente da canavieira, tinha na amplitude do sertão o caminho de sua expansão, acompanhando os rios rumo ao interior.”
Identifique a mão de obra utilizada na pecuária e sua condição de trabalho.

Ver resposta
Resposta: Ler matéria do caderno. Ler texto: Brasil colônia. Nas entranhas do país. Ler texto: Economia e sociedade colonial.

 

9.”A sede insaciável de ouro estimulou tantos a deixarem suas terras e a se meterem por caminhos tão ásperos como são os das minas, que dificultosamente se poderá dar conta do número das pessoas que atualmente lá estão.”
(André João Antonil, Cultura e opulência do Brasil por suas drogas e minas).
Que consequências teve a corrida do ouro do final do século XVII e início do século XVIII descrita no texto?

Ver resposta
Resposta: Ler matéria do caderno. Ler texto: Brasil colônia. Nas entranhas do país. Ler texto: Economia e sociedade colonial.

 

10.Aponte três características da sociedade do Nordeste açucareiro, dos séculos XVI e XVII, e três características da sociedade do Sudeste minerador, do século XVIII.

Ver resposta
Resposta: Ler matéria do caderno. Ler texto: Brasil colônia. Nas entranhas do país. Ler texto: Economia e sociedade colonial.
Tancredo Professor . 2017
Anuncie neste site
Twitter