Início > Enem > Lendo
Geografia humana - Enem 2016

ENEM 2016 - QUESTÃO 03

Os moradores de Andalsnes, na Noruega, poderiam se dar ao luxo de morar perto do trabalho nos dias úteis e de se refugiar na calmaria dos bosques aos fins de semana. E sem sair da mesma casa. Bastaria achar uma vaga para estacionar o imóvel antes de curtir o novo endereço.

Disponível em: http://casavogue.globo.com. Acesso em: 3 out. 2015 (adaptado).

 

Uma vez implementada, essa proposta afetaria a dinâmica do espaço urbano por reduzir a intensidade do seguinte processo:

A. Êxodo rural.

B. Movimento pendular.

C. Migração de retorno.

D. Deslocamento sazonal.

E. Ocupação de áreas centrais.

Ver resposta
Resposta: LETRA A: Errada. Êxodo rural seria a saída da população rural, que trabalha diretamente com a terra, para as áreas urbanas em busca de uma nova posição de trabalho, tipicamente urbana. Na questão não se explica este tipo de migração. LETRA B: Certa. Movimento pendular seria o deslocamento diário de um trabalhador de uma cidade para outra para trabalhar, porém no final do dia retorna a sua casa. No caso do texto, se não houvesse as casas móveis, os trabalhadores teriam que fazer este movimento de "pêndulo", indo e voltando da cidade em que mora até o local do trabalho em outra cidade. LETRA C: Errada. Migração de retorno é o regresso (a volta) de migrantes para seu país de origem. LETRA D: Errada. deslocamento Sazonal é o movimento de trabalhadores (ou estudantes) numa determinada época do ano para outra cidade com o objetivo de exercer suas funções, morando nesta cidade por um período de tempo e depois retornando a sua cidade de origem. LETRA E: Errada. O texto informa que os trabalhadores moram em áreas de bosque, ou seja, dentro da mata, o que contradiz ser uma área central, tipicamente urbana.

 

ENEM 2016 - QUESTÃO 04

O Rio de Janeiro tem projeção imediata nopróprio estado e no Espírito Santo, em parcela do sul do estado da Bahia, e na Zona da Mata, em Minas Gerais, onde tem influência dividida com Belo Horizonte. Compõe a rede urbana do Rio de Janeiro, entre outras cidades: Vitória, Juiz de Fora, Cachoeiro de Itapemirim, Campos dos Goytacazes, Volta Redonda - Barra Mansa, Teixeira de Freitas, Angra dos Reis e Teresópolis.

Disponível em: http://ibge.gov.br. Acesso em:9 jul. 2015 (adaptado).

O conceito que expressa a relação entre o espaço apresentado e a cidade do Rio de Janeiro é:

A. Frente pioneira.

B. Zona de transição.

C. Região polarizada.

D. Área de conurbação.

E. Periferia metropolitana.

Ver resposta
Resposta: LETRA A: Errada. As frentes pioneiras (entende-se pioneiro como "primeiro") aconteceram no desenvolvimento da formação territorial brasileira entre os séculos XVI e XIX, onde um grupo de pessoas se deslocavam para uma região que ainda não era ligada e povoada às características comuns a da região de origem e estas pessoas tinham a função de estabelecer um desenvolvimento a esta área. LETRA B: Errada. Zona de transição seria uma região que fica no meio de duas áreas diferentes e recebe influência das características de ambas as áreas. Como exemplo temos Biomas Caatinga e Amazônia e entre eles, na região do Maranhão, um bioma de transição denominado Mata dos Cocais. LETRA C: Certa. Região polarizada seria uma região influenciada por uma metrópole ou grande cidade através da economia e cultura presentes e de certa forma faz com que as trocas e expansão de influências ocorram com mais facilidade. LETRA D: Errada. Cornubação é um conceito muito importante em Geografia. Significa que duas cidades ou mais tem em seus limites a conexão da mancha urbana, não sendo possível identificar onde começa uma e onde termina outra. LETRA E: Errada. Periferia Urbana seria os município que circudam um núcleo metropolitano central. No exemplo do Rio de Janeiro, a periferia se estente aos municípios da baixada fluminense.

 

ENEM 2016 - QUESTÃO 09

Quanto mais complicada se tornou a produção industrial, mais numerosos passaram a ser os elementos da indústria que exigiam garantia de fornecimento. Três deles eram de importância fundamental: o trabalho, a terra e o dinheiro. Numa sociedade comercial, esse fornecimento só poderia ser organizado de uma forma: tornando-os disponíveis à compra. Agora eles tinham que ser organizados para a venda no mercado. Isso estava de acordo com a exigência de um sistema de mercado. Sabemos que em um sistema como esse, os lucros só podem ser assegurados se se garante a autorregulação por meio de mercados competitivos interdependentes.

POLANYI, K. A grande transformação: as origens de nossa época. Rio de Janeiro: Campus, 2000 (adaptado).

A consequência do processo de transformação socioeconômica abordado no texto é a

A. expansão das terras comunais.

B. limitação do mercado como meio de especulação.

C. consolidação da força de trabalho como mercadoria.

D. diminuição do comércio como efeito da industrialização.

E. adequação do dinheiro como elemento padrão das transações.

Ver resposta
Resposta: LETRA A: Errada. Terras comunais eram áreas do feudo para uso coletivo. A expansão da produção industrial ocorreu indubitavelmente em cidades burguesas. LETRA B: Errada. Especulação econômica seria "o movimento de valorização do dinheiro baseada na crença de que um cenário econômico continuará favorável" (Dicio Financeiro). Neste caso, a produção industrial é baseada na compra de suas mercadorias, ou seja, sua limitação vem do consumo e da qualidade de seus produtos, não de mera especulação. LETRA C: Certa. Como dito no texto, a terra, o trabalho e o dinheiro seriam fatores primordiais para a produção industrial e ambos seriam postos a venda, disponíveis a compra. Quando se coloca algo a venda está transformando-a em mercadoria. Assim, o trabalho vira mercadoria e a forma do trabalhador entrar neste processo é a venda da sua força de trabalho. LETRA D: Errada. Com a industrialização em alta, o comércio também está em alta, uma vez que a produção industrial aumenta a oferta de produtos. LETRA E: Errada. Esta consequência não diz respeito ao período explicado no texto.

 

ENEM 2016 - QUESTÃO 29

O conceito de função social da cidade incorpora a organização do espaço físico como fruto da regulação social, isto é, a cidade deve contemplar todos os seus moradores e não somente aqueles que estão no mercado formal da produção capitalista da cidade. A tradição dos códigos de edificação, uso e ocupação do solo no Brasil sempre partiram do pressuposto de que a cidade não tem divisões entre os incluídos e os excluídos socialmente.

QUINTO JR., L. P.  Nova legislação urbana e os velhos fantasmas. Estudos Avançados (USP), n. 47, 2003 (adaptado).

Uma política governamental que contribui para viabilizar a função da cidade, nos moldes indicados no texto, é a

A. qualificação de serviços públicos em bairros periféricos.

B. implantação de centros comerciais em eixos rodoviários.

C. proibição de construções residenciais em regiões ingremes.

D. disseminação de equipamentos culturais em locais turísticos.

E. desregulamentação do setor imobiliário em áreas favelizadas.

Ver resposta
Resposta: LETRA A: Certa. Serviços públicos em bairros periféricos são um exemplo de política governamental que exerce a função social da cidade (tornar a cidade e seus benefícios um direito coletivo). LETRA B: Errada. Não é uma política governamental coletiva, mas sim um ato individual  privado. LETRA C: Errada. Mesmo sendo áreas de alto risco, a desigualdade presente nas cidades levam em consequência o empurro de populações vulneráveis para a construção de casas de alto padrão econômico. A proibição viria como uma forma individual de retirar comunidades vulneráveis do morro, entretanto, não afetaria sobremaneira em populações de alta renda. LETRA D: Errada. Não se trata de ferramenta com a função coletiva de tornar a cidade para todos. LETRA E: Errada. desregulamentar é a mesma coisa que tornar proibido. Isto não é uma política governamental coletiva.

 

ENEM 2016 - QUESTÃO 40

A mundialização introduz o aumento da produtividade do trabalho sem acumulação de capital, justamente pelo caráter divisível da forma técnica molecular-digital do que resulta a permanência da má distribuição da renda: exemplificando mais uma vez os vendedores de refrigerantes às portas dos estádios viram sua produtividade aumentada graças ao just in time dos fabricantes e distribuidores de bebidas, mas para realizar o valor de tais mercadorias, a forma do trabalho dos vendedores é a mais primitiva. Combinam-se, pois, acumulação molecular-digital com o puro uso da força de trabalho.

OLIVEIRA, F. Crítica à razão dualista e o ornitorrinco. Campinas: Boitempo, 2003.

Os aspectos destacados no texto afetam diretamente questões como emprego e renda, sendo possível explicar essas transformações pelo(a)

A. crise bancária e o fortalecimento do capital industrial.

B. inovação toyotista e a regularização do trabalho formal.

C. impacto da tecnologia e as modificações na estrutura produtiva.

D. emergência da globalização e a expansão do setor secundário.

E. diminuição do tempo de trabalho e a necessidade de diploma superior.

Ver resposta
Resposta: LETRA A: Errada. Não estão relacionadas às questões explicitadas no texto. LETRA B: Errada. O Toyotismo "é um sistema (ou modelo) nipônico de produção de mercadorias, com vista à flexibilização na fabricação de mercadorias, ao economizar o espaço na estocagem de matérias-primas e mercadorias, o Toyotismo aumenta produtividade, uma vez que é muito eficiente em diminuir o desperdício, o tempo de espera, a superprodução e os gargalos de transporte. Neste sistema, a oferta jamais deverá ser maior do que a demanda; contudo, estas mesmas vantagens podem se converterem em problemas sérios, tendo em vista que este modelo é dependente da importação de matérias-primas e não possui estoques significativos de seus produtos". LETRA C: Certa. O impacto da tecnologia indica que nos meios de produção a tecnologia emprega trabalhadores qualificados, com a finalidade de melhorar a produtividade e qualidade. Quando vendem sua força e entra na comercialização, os trabalhadores normalmente são informais e vendem sua força de trabalho a preços irrisórios. Há uma mudança na estrutura produtiva. LETRA D: Errada. Nesta fase industrial, o setor já está expandido e globalizado. LETRA E: Errada. Não são consequência que afeta toda a cadeia produtiva industrial.

 

ENEM 2016 - QUESTÃO 45

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Uma consequência econômica para os países que vivenciaram o fenômeno demográfico ilustrado é a diminuição da

A. oferta de mão de obra nacional.

B. média de expectativa de vida.

C. disponibilidade de serviços de saúde.

D. despesa de natureza previdenciária.

E. imigração de trabalhadores qualificados.

Ver resposta
Resposta: LETRA A: Certa. Com a diminuição da taxa de fecundidade e natalidade, posteriormente estes países terão menos adultos em idade funcional e mais aposentados. Isto faz com que a oferta de mão de obra diminua gradativamente. Isto gerará vários problemas estruturais como sustentação da previdência social. LETRA B: Errada. A média da expectativa de vida é relacionada a taxa de mortalidade e a qualidade de vida. LETRA C: Errada. Isso não tem relação com o fenômeno demográfico ilustrado. LETRA D: Errada. É uma consequência, porém não é puramente econômico. LETRA E: Errada. Não tem relação direta com o fenômeno demográfico ilustrado.
 

 

 

- GUALTIERI, Marcelle. Bacharel e Licenciada pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Graduanda de Física pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Especialista em Análise Ambiental pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Mestre em Geografia pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Professora da rede estadual de ensino de Minas Gerais. Consultora Ambiental - Geoprocessamento.

Tancredo Professor . 2017
Anuncie neste site
Twitter