Início > Enem > Lendo
Enem 2015. Ciências humanas e suas tecnologias... (2ª parte)

QUESTÃO 11

     O Projeto Nova Cartografia Social da Amazônia ensina indígenas, quilombolas e outros grupos tradicionais a empregar o GPS e técnicas modernas de georreferenciamento para produzir mapas artesanais, mas bastante precisos, de suas próprias terras.

LOPES, R. J. O novo mapa da floresta. Folha de S. Paulo, 7 maio 2011 (adaptado).

A existência de um projeto como o apresentado no texto indica a importância da cartografia como elemento promotor da

A. expansão da fronteira agrícola.

B. remoção de populações nativas.

C. superação da condição de pobreza.

D. valorização de identidades coletivas.

E. implantação de modernos projetos agroindustriais.

Ver resposta
Resposta: Letra D. Os mapas são, pelo menos desde a Antiguidade Clássica, reconhecidamente uma técnica que informa o espaço geográfico, seus objetos naturais e artificiais, e as relações humanas advindas da transformação dos objetos naturais (da natureza) em objetos artificiais (casas, pontes, plantações). Dessa forma, os mapas se constiuem em instrumentos de representação de realidade e também de planejamento e poder, pois podem informar aspectos peculiares de distintos grupos. Por isso, tem enorme potencial e são comumente utilizados na valorização das identidades coletivas, sejam essas nacionais, regionais ou locais.

 

Questão 12

     Todo o poder criativo da mente se reduz a nada mais do que a faculdade de compor, transpor, aumentar ou diminuir os materiais que nos fornecem os sentidos e a experiência. Quando pensamos em uma montanha de ouro, não fazemos mais que juntar duas ideias consistentes, ouro e montanha, que já conhecíamos. Podemos conceber um cavalo virtuoso, porque somos capazes de conceber a virtude a partir de nossos próprios sentimentos, e podemos unir a isso a figura e a forma de um cavalo, animal que nos é familiar.

HUME, D. Investigação sobre o entendimento humano. São Paulo: Abril Cultural, 1995.

Hume estabelece um vínculo entre pensamento e impressão ao considerar que

A. os conteúdos das ideias no intelecto têm origem na sensação.

B. o espírito é capaz de classificar os dados da percepção sensível.

C. as ideias fracas resultam de experiências sensoriais determinadas pelo acaso.

D. os sentimentos ordenam como os pensamentos devem ser processados na memória.

E. as ideias têm como fonte específica o sentimento cujos dados são colhidos na empiria.

Ver resposta
Resposta: Letra A. David Hume destaca a importãncia da sensação na construção dos conteúdos intelectuais e, assim, estabelece um vínculo entre pensamentos e impressão.

 

QUESTÃO 13

     Calendário medieval, século XV.

Disponível em; www.ac-grenoble.fr. Acesso em: 10 maio 2012.

Os calendários são fontes históricas importantes, na medida em que expressam a concepção de tempo das sociedades. Essas imagens compõem um calendário medieval (1460-1475) e cada uma delas representa um mês, de janeiro a dezembro. Com base na análise do calendário, apreende-se uma concepção de tempo

A. cíclica, marcada pelo mito arcaico do eterno retorno.

B. humanista, identificada pelo controle das horas de atividade por parte do trabalhador.

C. escatológica, associada a uma visão religiosa sobre o trabalho.

D. natural, expressa pelo trabalho realizado de acordo com as estações do ano.

E. romântica, definida por uma visão bucólica da sociedade.

Ver resposta
Resposta: Letra D. Esta imagem produzida durante o período medieval revela como as pessoas relacionavam-se com o trabalho. Cada um dos 12 quadros, representa um mês do ano e a atividade que nele é executada, respeitada a forma cíclica do tempo conforme as estações do ano, como o tempo do abate dos animais quando chegava o inverno, ou o momento da colheita, no outono.

 

QUESTÃO 14

     O processo de concentração urbana no Brasil em determinados locais teve momentos de maior intensidade e, ao que tudo indica, atualmente passa por uma desaceleração no ritmo de crescimento populacional nos grandes centros urbanos.

BAENINGER, R. Cidades e metrópoles: a desaceleração no crescimento populacional e novos arranjos regionais. Disponível em; www.sbsociologia.com.br. Acesso em; 12 dez. 2012 (adaptado).

Uma causa para o processo socioespacial mencionado no texto é o(a)

A. carência de matérias-primas.

B. degradação da rede rodoviária.

C. aumento do crescimento vegetativo.

D. centralização do poder político.

E. realocação da atividade industrial.

Ver resposta
Resposta: Letra E. O processo descrito no texto é a desconcentração urbana, em que cidades médias vêm tendo um crescimento populacional superior ao das grandes metrópoles. A alternativa E corresponde corretamente à questão, pois destaca a mobilidade de indústrias para essas localidades.

 

QUESTÃO 15

                                   Voz do sangue

     Palpitam-me

     os sons do batuque

     e os ritmos melancólicos do blue.

 

     Ó negro esfarrapado

     do Harlem

     ó dançarino de Chicago

     ó negro servidor do South

 

     Ó negro da África

     negros de todo o mundo

 

     Eu junto

     ao vosso magnífico canto

     a minha pobre voz

     os meus humildes ritmos.

 

     Eu vos acompanho

     pelas emaranhadas áfricas

     do nosso Rumo.

 

     Eu vos sinto

     negros de todo o mundo

     eu vivo a nossa história

     meus irmãos.

                    Disponível em: www.agostinhoneto.org. Acesso em: 30 jun. 2015.

Nesse poema, o líder angolano Agostinho Neto, na década de 1940, evoca o pan-africanismo com o objetivo de

A. incitar a luta por políticas de ações afirmativas na América e na África.

B. reconhecer as desigualdades sociais entre os negros de Angola e dos Estados Unidos.

C. descrever o quadro de pobreza após os processos de independência no continente africano.

D. solicitar o engajamento dos negros estadunidenses na luta armada pela independência em Angola.

E. conclamar as populações negras de diferentes países a apoiar as lutas por igualdade e independência.

Ver resposta
Resposta: Letra E. Durante a segunda Guerra Mundial (1939-1945), houve uma grande mobilização das colônias dominadas pelo imperialismo e neocolonialismo na África e na Ásia, vislumbrando uma possível independência. Na questão, o texto de Agostinho Neto conclama as populações africanas à luta, pregando a unidade e, ao mesmo tempo, valorizando o seu papel histórico e universal em uma clara legitimação dessa ação. O pan-africanismo, movimento formulado por intelectuais negros no final do século XIX, propunha a união dos negros de todo o mundo com a finalidade de reivindicar melhores condições de vida.

 

QUESTÃO 16

     Iniciou-se em 1903 a introdução de obras de arte com representações de bandeirantes no acervo do Museu Paulista, mediante a aquisição de uma tela que homenageava o sertanista que comandara a destruição do Quilombo de Palmares. Essa aquisição, viabilizada por verba estadual, foi simultânea à emergência de uma interpretação histórica que apontava o fenômeno do sertanismo paulista como o elo decisivo entre a trajetória territorial do Brasil e de São Paulo, concepção essa que se consolidaria entre os historiadores ligados ao Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo ao longo das três primeiras décadas do século XX.

MARINS, P. C. G. Nas matas com pose de reis: a representação de bandeirantes e a tradição da retratística monárquica europeia. Revista do Leb, n 44, fev. 2007.

A prática governamental descrita no texto, com a escolha dos temas das obras, tinha como propósito a construção de uma memória que

A. afirmava a centralidade de um estado na política do país.

B. resgatava a importância da resistência escrava na história brasileira.

C. evidenciava a importância da produção artística no contexto regional.

D. valorizava a saga histórica do povo na afirmação de uma memória social.

E. destacava a presença do indígena no desbravamento do território colonial.

Ver resposta
Resposta: Letra A. Durante a República Velha, foi implantada a Política do café com leite, que consistia na predominância das oligarquias paulista e mineira no governo federal. Uma das estratégias da elite paulista para justificar sua hegemonia sobre o poder foi ressignificar a história colonial de São Paulo, atribuindo uma importância maior aos bandeirantes, típico tipo social de São Vicente (São Paulo), para, supostamente, demonstrar a liderança nacional dos paulistas, que, nessa nova construção de memória, figuram como responsáveis pela expansão territorial e integração nacional.

 

QUESTÃO 17

     O que implica o sistema da pólis é uma extraordinária preeminência da palavra sobre todos os outros instrumentos do poder. A palavra constitui o debate contraditório, a discussão, a argumentação e a polêmica. Torna-se a regra do jogo intelectual, assim como do jogo político.

VERNANT, J. P. As origens do pensamento grego. Rio de Janeiro: Bertrand, 1992 (adaptado).

Na configuração política da democracia grega, em especial a ateniense, a ágora tinha por função

A. agregar os cidadãos em torno de reis que governavam em prol da cidade.

B. permitir aos homens livres o acesso às decisões do Estado expostas por seus magistrados.

C. constituir o lugar onde o corpo de cidadãos se reunia para deliberar sobre as questões da cominidade.

D. reunir os exércitos para decidir em assembleias fechadas os rumos a serem tomados em caso de guerra.

E. congregar a comunidade para eleger representantes com direito a pronunciar-se em assembleias.

Ver resposta
Resposta: Letra C. Ágora é uma espécie de praça na pólis de Atenas, onde os cidadãos se reuniam para debater os rumos da cidade.

 

QUESTÃO 18

     No final do século XX e em razão dos avanços da ciência, produziu-se um sistema presidido pelas técnicas da informação, que passaram a exercer um papel de elo entre as demais, unindo-as e assegurando ao novo sistema uma presença planetária. Um mercado que utiliza esse sistema de técnicas avançadas resulta nessa globalização perversa.

SANTOS, M. Por uma outra globalização. Rio de Janeiro: Record, 2008 (adaptado).

Uma consequência para o setor produtivo e outra para o mundo do trabalho advindas das transformações citadas no texto estão presentes, respctivamente, em:

A. Eliminação das vantagens locacionais e ampliação da legislação laboral.

B. Limitação dos fluxos logísticos e fortalecimento de associações sindicais.

C. Diminuição dos investimentos industriais e desvalorização dos postos qualificados.

D. Concentração das áreas manufatureiras e redução da jornada semanal.

E. Automatização dos processos fabris e aumento dos níveis de desemprego.

Ver resposta
Resposta: Letra E. Milton Santos classificou o período atual como técnico-científico e informacional. Uma de suas principais características é o emprego de sistemas técnicos de informação e automação controlando o processo produtivo, que passa a exigir mão de obra qualificada nos processos de produção fabris, mas também no setor primário. A unidade de sistemas técnicos moderniza a produção mas, consequentemente, provoca demissões.

 

Questão 19

     Os movimentos de massa constituem-se no deslocamento de material (solo e rocha) vertente abaixo pela influência da gravidade. As condições que favorecem os movimentos de massa dependem principalmente da estrutura geológica, da declividade da vertente, do regime de chuvas, da perda de vegetação e da atividade antrópica.

BIGARELLA, J.J. Estrutura e origem das paisagens tropicais e subtropicais. Florianópolis: UFSC, 2003 (adaptado).

Em relação ao processo descrito, sua ocorrência é minimizada em locais onde há

A. exposição do solo.

B. drenagem eficiente.

C. rocha matriz resistente.

D. agricultura mecanizada.

E. média pluviométrica elevada.

Ver resposta
Resposta: Letra B. os movimentos de massa descritos no texto podem ser minimizados com uma drenagem mais eficiente do solo, reduzindo o escoamento superficial da água e os processos erosivos.

 

QUESTÃO 20

 

SUERTEGARAY, D. M. A. (Org.). Terra: feições ilustradas. Porto Alegre: EdUFRGS, 2003 (adaptado).

A imagem representa o resultado da erosão que ocorre em rochas nos leitos dos rios, que decorre do processo natural de

A. fraturamento geológico, derivado da força dos agentes internos.

B. solapamento de camadas de argilas, transportadas pela correnteza.

C. movimento  circular de seixos e areias, arrastados por águas turbilhonares.

D. decomposição das camadas sedimentares, resultante da alteração química.

E. assoreamento no fundo do rio, proporcionado pela chegada de material sedimentar.

Ver resposta
Resposta: Letra C. A figura destaca o movimento circular de seixos e areias, conduzidos pela água, que promove o gradual desgaste das rochas do leito do rio. A questão aborda o processo erosivo promovido pelo movimento das águas na condução de materiais nos leitos dos rios.
Tancredo Professor . 2017
Anuncie neste site
Twitter