Início > Conteúdos > Lendo
OS ÁRABES LEVAM O XADREZ PARA A EUROPA

As origens do jogo de xadrez são incertas. Sabe-se que egípcios, chineses, japoneses, indianos, persas e gregos tinham jogos muito semelhantes ao xadrez há muitos séculos.

Segundo uma lenda indiana, um sábio encarregado da formação de um príncipe herdeiro inventou um jogo para que seu pupilo desenvolvesse as artes de governar e de fazer a guerra. Em um tabuleiro, dividido em 64 pequenos quadrados, eram colocadas 32 peças, 16 para cada jogador. Nesse jogo, chamado Shaturanga, o rei, apesar de ser a peça mais importante, nada podia fazer sem o auxílio das outras peças.

O jovem tornou-se um rei muito prudente e habilidoso. Agradecido, convocou seu antigo professor e concedeu-lhe o direito de fazer um pedido. O velho mestre pediu, então, um grão de trigo pela primeira casa do tabuleiro, dois pela segunda, quatro pela terceira, oito pela quarta e assim sucessivamente até a 64ª. O rei, distraído, achou o pedido muito simples e autorizou seus funcionários a atenderem a solicitação do sábio.

Quando os matemáticos do reino fizeram os cálculos, chegaram a um número imenso: 18446744073709351615 grãos. Para cumprir o prometido, seria necessário entregar toda a produção do reino durante muitos anos, o que provocaria a fome e a morte da maior parte da população. O rei deu-se conta, então, de que o velho sábio utilizara o tabuleiro para testar sua prudência e sua capacidade de cálculo.

Esse jogo de estratégia foi levado da Índia à Pérsia, ao norte da África e chegou à Europa por volta do século IX com os árabes.

Tancredo Professor . 2017
Anuncie neste site
Twitter