Início > Conteúdos > Lendo
A VERDADEIRA HISTÓRIA DOS SELVAGENS, NUS E FEROZES DEVORADORES DE HOMENS

Hans Staden, um aventureiro nascido em Homberg, na atual Alemanha, entusiasmado com as notícias sobre a América e esperando enriquecer rapidamente, fez duas viagens ao litoral brasileiro. Na segunda viagem, em 1548, foi capturado e feito prisioneiro pelos Tupinambá, permanecendo entre eles durante nove meses. Após voltar para a Europa, escreveu seu livro, no qual relatou os costumes, as tradições e até mesmo o ritual antropofágico.

Esta fonte iconográfica é uma das inúmeras xilogravuras feitas por Johann Theodurus de Bry que ilustram o livro A verdadeira história dos selvagens, nus e ferozes devoradores de homens, de Hans Staden (1510-1576), publicado em 1557. Nela é possível observar uma cena do ritual antropofágico, que fazia parte do universo cultural de alguns povos indígenas. Imagens como essa contribuíram para que os europeus percebessem os ameríndios de uma forma generalizada como seres que possuíam hábitos estranhos, parte integrante de uma "outra humanidade".

Tancredo Professor . 2017
Anuncie neste site
Twitter