Início > Conteúdos > Lendo
A TORRE DE BABEL

A Torre de Babel, construída pelo imperador Nabucodonosor no século VI a.C., era um zigurate, templo religioso em forma de pirâmide. Com 90 metros de altura e chamada pelos babilônios de Casa do Céu, possuía oito torres empilhadas, e uma escada externa em espiral que levava ao topo da torre mais alta. Lá, havia um santuário representando o local onde os deuses dormiam. Muitos historiadores consideram a colossal torre uma das maiores construções feitas na Antiguidade. Para os autores bíblicos, a Torre de Babel seria um símbolo da arrogância humana tentando chegar ao céu.

Leia com atenção um trecho do mito que narra a história da construção desse monumento:

Depois da morte do patriarca [Noé], com mais de novecentos e cinquenta anos, os filhos dos filhos de seus filhos partiram em busca de novas terras. Naquela época, todos ainda falavam a mesma língua. Chegando às terras de Senaar, entre os rios Tigre e Eufrates, resolveram construir com tijolos cozidos em vez de pedras. E um deles disse:

- Vamos erguer para nós uma cidade. Faremos uma torre tão alta, que chegará até o céu! Ela será vista por toda parte e nós ficaremos famosos na Terra inteira.

A construção da torre foi iniciada. Quanto mais alta ficava, mais os homens se tornavam orgulhosos de sua altura e aplaudiam sua própria realização. Mas, Yahweh [Deus], ao ver o que acontecia, desceu entre eles, decidido a impedir o que faziam.

Confundidos pela ação de Yahweh, eles começaram a falar várias línguas, e não mais se entendiam. A construção teve de parar, pois nenhum trabalhador compreendia o que o outro dizia. [...] Quando a torre ficou em ruínas foi chamada de Babel, um lugar de confusão e falta de entendimento.

RIOS, Rosana. Volta ao mundo em 80 mitos [Reconto de mitos]. Porto Alegre: Artes e Ofícios, 2010. p. 27.

 

SAIBA MAIS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tancredo Professor . 2017
Anuncie neste site
Twitter